Esclareça as suas dúvidas acerca do Imposto de Renda dos aposentados

4 minutos para ler

O Governo Federal cobra tributos sobre os rendimentos de pessoas jurídicas e físicas. Quem recebe mais pelas suas atividades, paga um valor maior em relação àqueles que recebem menos. Essas cobranças não param quando os cidadãos recebem a aposentadoria. Portanto, os aposentados precisam estar atentos às principais regras para declarar o Imposto de Renda (IR) e evitar problemas.

Neste post, vamos falar sobre as principais dúvidas que os aposentados têm acerca desse imposto. Aqui, você vai encontrar explicações sobre quem tem direito à isenção do IR, as principais regras para aposentados, como declarar e como funciona a restituição. Aproveite esta oportunidade para entender mais sobre o Imposto de Renda dos aposentados.

Deseja obter mais informações sobre o tema? Continue a leitura e descubra detalhes interessantes!

As principais dúvidas dos aposentados sobre o Imposto de Renda

É natural que as pessoas tenham dúvidas sobre os descontos de IR após a sua aposentadoria. Afinal de contas, alguns estão isentos do pagamento do imposto, enquanto outros pagam os valores de forma reduzida conforme a tabela progressiva que estabelece os montantes conforme a faixa de rendimentos auferidos.

Os pontos mais relevantes sobre Imposto de Renda dos aposentados

As regras do IR para pensionistas e aposentados seguem os mesmos padrões que as dos outros contribuintes. Porém, existem alguns pontos que necessitam de atenção e cuidados na hora de fazer a declaração. Observe abaixo os fatores mais relevantes sobre esses rendimentos que podem ou não ser tributáveis!

Quem tem direito à isenção

A isenção do IR é um direito dos aposentados por idade, por tempo de contribuição ou por invalidez que tenham doenças consideradas graves, ocupacionais ou lesão causada por acidente de trabalho. Entre as enfermidades que tornam o aposentado isento está a cegueira, a alienação mental, a esclerose múltipla, a neoplasia maligna etc. Os idosos que receberam até R$ 2.379,97 por mês em 2019 não precisam declarar IR.

Principais regras para aposentados

Mas aqueles que são aposentados pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), cujas aposentadorias ultrapassaram o limite mencionado acima, após completarem 65 anos de idade, têm direito à isenção sobre uma parte da aposentadoria. É possível conferir as alíquotas no site da Receita Federal, as quais variam entre 7,5% até 27,5% sobre rendimentos percebidos.

Como declarar o IR

A declaração do Imposto de Renda dos aposentados deve ser preenchida anualmente. Nela, o contribuinte vai inserir os dados referentes ao nome do beneficiário, o número do CPF, a data de nascimento, o número do benefício e o período ou ano-base ao qual se referem os dados. A parcela que é isenta precisa ser registrada na opção “Rendimentos Isentos”.

Como funciona a restituição

Os idosos têm direito de prioridade de atendimento em várias situações no Brasil. Sendo assim, os aposentados recebem a restituição de maneira prioritária depois de completarem 60 anos de idade. Eles têm acesso aos valores que são restituídos pelo governo antes dos demais contribuintes. Por este motivo, vale a pena enviar as informações para o Fisco com antecedência para agilizar o recebimento dos montantes restituídos.

Conseguiu tirar as suas dúvidas acerca do Imposto de Renda dos aposentados? As informações mencionadas neste artigo são muito importantes para garantir a asseguração de direitos e cumprimento de obrigações das pessoas que já estão recebendo a aposentadoria. Siga estas dicas e evite constrangimentos com a fiscalização!

Gostaria de acompanhar as nossas atualizações sobre assuntos relacionados? Curta a nossa página no Facebook e leia as publicações!

Compartilhe:
Posts relacionados

Deixe um comentário

Call Now Button